Exposição individual, “O Recorte que indica o Norte”, no Espaço Altice, Porto

Com a tesoura tomo decisões e desenho formas. Através do recorte saliento fragmentos de um determinado conjunto exterior. Posteriormente organizo as parcelas. Este processo culmina na montagem e descreve-se segundo três fases: a seleção, a edição e a recontextualização.

Ver lista completa

Exposição individual “A Autorrepresentação na procura do Eu”, na Olga Santos galeria, Porto

Nas collages identificamos uma autorrepresentação fragmentada, nos desenhos recortados deparamo-nos com algo conciso. É neste jogo de mostrar e ocultar que assenta o processo de elaboração destes trabalhos. Se por um lado nas colagens nos perdemos, nos desenhos encontramo-nos. Nesta viagem há um fio condutor, o recorte que indica o norte, despojado de artifícios. As ausências não nos pertencem, por isso são excluídas.

Ver lista completa

Exposição coletiva “Alice no país das maravilhas”, na Galeria Olga Santos, Porto

“(…) Alice abriu os olhos e viu, surpreendida, que estava novamente no jardim ao lado da sua irmã, e que esta lhe oferecia uma chávena de chá…
Alice pensou – Teria sido tudo um sonho?”

“(…) Quem me dera não ter chorado tanto! disse a menina, nadando por ali, à procura de uma saída. — Agora suponho que serei castigada por isso, afogando-me nas minhas próprias lágrimas! Isso será sem dúvida uma coisa bastante esquisita ! Mas hoje parece tudo tão esquisito!”

Lewis Carroll

Ver lista completa

error: Content is protected !!